BOULOS É CONDENADO E VAI PAGAR MULTA DE 53 MIL REAIS POR DIVULGAÇÃO DE PESQUISA ELEITORAL FALSA.

BOULOS É CONDENADO E VAI PAGAR MULTA DE 53 MIL REAIS POR DIVULGAÇÃO DE PESQUISA ELEITORAL FALSA.

A Justiça condenou o pré-candidato do Psol à Prefeitura de São Paulo, deputado federal Guilherme Boulos, a pagar uma multa de R$ 53 mil por divulgar pesquisa eleitoral falsa em suas redes sociais no dia 4 de março de 2024. A decisão, que data desta quinta-feira, 11, partiu da 1ª Zona Eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP).

Segundo o juiz Antonio Patiño Zorz, o psolista postou resultados de um levantamento de intenção de voto com dados suspeitos que podem ter sido alterados. A liminar foi apresentada pelo Movimento Democrático Brasileiro (MDB), partido do prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, que deverá ser candidato à reeleição — e assim enfrentar Boulos nas urnas.

Responsável por acionar a Justiça sobre a divulgação de pesquisas falsas por Guilherme Boulos, o MDB de São Paulo afirma que a decisão serve como aprendizado para não se divulgar informações erradas. Em nota assinada pelo presidente do diretório paulistano do MDB, Enrico Misasi, o partido reafirma seu compromisso com a verdade.

“Ainda faltam seis meses para a eleição municipal de 2024 e o pré-candidato a prefeito da extrema esquerda Guilherme Boulos (PSOL) já foi condenado por espalhar fake news”, diz Misasi, em nota divulgada à imprensa. “Terá, inclusive, de pagar multa pelo erro grotesco. Uma vergonha! A população de São Paulo precisa ficar atenta para não se deixar levar por manipulações e distorção de informações. Nossa pré-campanha está e seguirá comprometida com a verdade. Não vamos admitir que o cidadão paulistano seja enganado.”

FONTE . REVISTA OESTE

Compartilhe!

Robertão Chapa Quente

• Diretor do Jornal Digital do Brasil • TV DIGITAL • Apresentador do Programa Chapa Quente

Related articles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.