Defesa de Bolsonaro alega parcialidade e pede afastamento de Moraes de inquérito

Defesa de Bolsonaro alega parcialidade e pede afastamento de Moraes de inquérito

A defesa do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) pediu, nesta quarta-feira (14), ao Supremo Tribunal Federal (STF) o afastamento do ministro Alexandre de Moraes do caso sobre o suposto golpe de estado.

“Diante do manifesto impedimento para a realização de qualquer ato processual no presente feito pelo seu nítido interesse na causa”, afirma a defesa.

Conforme os advogados, o ministro não tem imparcialidade para decidir sobre o tema, devido à sua posição de vítima nas investigações. Por isso, argumentam que todos os atos praticados pelo magistrado devem ser anulados.

“É bem de se ver, no entanto, que tanto o conteúdo da representação quanto a decisão revelam, de maneira indubitável, uma narrativa que coloca o Ministro Relator no papel de vítima central das supostas ações que estariam sendo objeto da investigação, destacando diversos planos de ação que visavam diretamente sua pessoa”, diz trecho do pedido enviado ao ministro Luís Roberto Barroso, presidente do STF.


POR TVDIGITAL.TV.BR

Compartilhe!

Robertão Chapa Quente

• Diretor do Jornal Digital do Brasil • TV DIGITAL • Apresentador do Programa Chapa Quente

Related articles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.