O QUE DIRIA MILTON FRIEDMAN SOBRE “MUITO TRABALHO E DEDICAÇÃO” PARA MELHORAR A VIDA DO CIDADÃO?

Certa vez, Milton Friedman (Economista Liberal Nobel e desenvolvedor dos programas sociais de transferência de renda, como o Bolsa Família/Auxílio Brasil), em viagem à China, viu milhares de chineses com pás e picaretas trabalhando.

Perguntou aos dirigentes o que eles estavam fazendo. Recebeu como resposta que eles estavam cavando um canal.

Friedman então perguntou por que não usavam retro escavadeiras, tratores e moto scrapers.

A resposta foi que assim gerariam mais empregos.

Friedman então disse: “Ah!! Eu achei que vocês estavam fazendo um canal, mas agora entendi que vocês estão gerando empregos.”

“Neste caso não é melhor trocar as pás e picaretas por colheres? Assim vocês vão gerar ainda mais empregos!”

Assim são os políticos que saem fazendo promessas eleitoreiras por aí, sem de fato terem estratégias e soluções verdadeiras para resolver os problemas da cidade. Desfilam por todos os cantos, prometendo cargos para seus aliados e ludibriando as pessoas com falácias sobre geração de emprego, mais consultas médicas e exames, mais vagas de creches, acabar com a falta de água e outros. É interessante que nunca respondem como vão fazer isto para o cidadão de maneira didática, transparente e clara. As soluções deles são parecidas com a dos chineses da história acima.

Jaguariúna não precisa de mais populistas, a gente precisa de um profundo choque de gestão, que destrave a cidade. Não temos vocação para ser “Carroça”, temos vocação para ser “Ferrari.”

Muito trabalho, dedicação e honestidade é o básico. O diferencial mesmo, e necessário, é ter estratégia e inteligência para não deixar a locomotiva sair dos trilhos e colocar em risco a vida de todos os passageiros.

Compartilhe!

Ton Proêncio

Administrador formado pelo Centro Universitário de Jaguariúna - UniFAJ, Especialista em Economia Financeira pela Unicamp, eleito o 3º Vereador mais votado em Jaguariúna, Líder Livres e Defensor da causa Empreendedora

Related articles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.