Marcas têm vetado apoio ao PT, diz agência que representa Pabllo Vittar

Marcas têm vetado apoio ao PT, diz agência que representa Pabllo Vittar

Nos últimos dias, artistas e influenciadores digitais começaram a “reclamar” da dificuldade de fechar ações publicitárias após declararem apoio ao Partido dos Trabalhadores e ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Ao jornal o Folha de S.Paulo, a empresária Fátima Pissarra, diretora de uma agência de publicidade, confirmou a dificuldade.

Ela trabalha na Mynd, agência que representa personalidades como Luísa Sonza, Pabllo Vittar, Gil do Vigor e Gkay. Também agencia artistas que não se posicionam politicamente.

– Em geral, independentemente do segmento, quando a marca pede influenciadores que não exponham posicionamentos políticos, ela está se referindo a não contratar influenciadores que apoiam Lula. São pessoas que apoiam questões de sexualidade, de gênero, de raça – destacou.

Fátima Pissarra então citou um exemplo envolvendo Luísa Sonza.

– É mais fácil aceitarem posicionamentos de uma celebridade que já tem uma vivência ativista, [como Pabllo Vittar]. A Luísa começou a se posicionar em shows e recebemos mensagens de marcas dizendo que iria ser difícil contratá-la, porque ela está se posicionando muito. Pediram para ela dar uma freada – ressaltou.

Roberto Torrecilhas

Roberto Torrecilhas

Diretor do Jornal Digital do Brasil , Líder Cristão , Casado , Pai , Apresentador do Programa Tamo Junto na TV Artes TV Cultura . Blogueiro , Atuante na defesa da Família, Jornalista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.