Junho Laranja alerta sobre a prevenção e o tratamento da anemia e leucemia

Junho Laranja alerta sobre a prevenção e o tratamento da anemia e leucemia


No sexto mês do ano são realizadas campanhas de prevenção e conscientização sobre a saúde do sangue. Além do Junho Vermelho, dedicado ao incentivo à doação de sangue, também é celebrado o Junho Laranja, que busca difundir informações sobre a anemia e a leucemia, doenças causadas por deficiências nas células sanguíneas. Os parlamentares da Assembleia Legislativa do Estado já propuseram projetos e aprovaram leis relacionados à pauta.

A anemia é provocada pela queda de hemoglobina no sangue, dificultando o transporte de oxigênio. Um dos principais causadores da baixa nos níveis de hemoglobina podem ser a falta de ferro ou a carência de nutrientes como zinco, vitamina B12.

Os principais sintomas da anemia são: cansaço, falta de apetite, palidez de pele, tontura e mucosas na parte interna do olho e gengivas. Em crianças, um dos sinais pode ser a dificuldade no aprendizado e concentração.

Já a leucemia é causada pela produção desenfreada de glóbulos brancos pela medula óssea. As células sanguíneas sofrem uma mutação e passam a atuar de maneira defeituosa, substituindo as células saudáveis do corpo e resultando na queda brusca da imunidade corporal.

Entre os sintomas estão palidez, cansaço, infecções persistentes, hematomas, fraqueza, febre, dores nas articulações e anemia.

Leis e projetos

O transplante de medula óssea está entre os principais métodos de tratamento de leucemia. Pensando em estimular a realização desse procedimento, os deputados Murilo Félix (Podemos) e Professor Kenny (PP) foram autores de propostas que asseguram direitos e prioridades aos doadores de medula óssea.

Murilo Félix é autor do Projeto de Lei 79/202, que garante o atendimento preferencial de doadores em estabelecimentos comerciais. Pessoas inscritas no Registro Brasileiro de Doadores de Medula Óssea (Redome) também devem ser priorizadas em bancos e serviços similares.

Já o Projeto de Lei 605/2020, do Professor Kenny, autoriza o Poder Executivo a criar uma licença para os servidores públicos estaduais que doarem medula óssea.

Ainda na temática, o deputado Teonílio Barba (PT) foi responsável pelo Projeto de Lei 841/2017, que institui o “Selo Empresarial Solidária” destinado às empresas que desenvolverem programas de esclarecimento e incentivo aos funcionários para doação de sangue, medula óssea, órgãos e tecidos. Empresas que adotarem políticas permanentes de conscientização e estímulo à doação voluntária e cadastramento no Redome receberão o título.

Os três projetos estão em tramitação na Casa.

Aprovada em 2019, a Lei 17.207/2019 de autoria do deputado Thiago Auriccio (PL), regularizou a campanha “Fevereiro Laranja”, para promoção de conteúdos informativos sobre a leucemia. A ação ainda tem como objetivo difundir as maneiras de tratamento e alertar sobre a importância de diagnosticar a doença precocemente, além de incentivar a doação.

A Lei 13.592/2009, de autoria do ex-parlamentar Luis Carlos Gondim, institui o “Dia Estadual de Luta dos Portadores de Anemia Falciforme”. Comemorada anualmente no dia 27 de outubro, a data é utilizada para ampliar a discussão sobre as causas, diagnósticos e tratamentos da condição.

Outras propostas e leis podem ser encontradas no portal da Alesp.

Infoco Web

Infoco Web

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.