Humberto Costa defende instalação da CPI do MEC

Humberto Costa defende instalação da CPI do MEC


Em pronunciamento nesta quarta-feira (22), o senador Humberto Costa (PT-PE) afirmou que nenhum argumento deve afastar do Congresso Nacional o direito de apurar, por intermédio de uma comissão parlamentar de inquérito (CPI), as denúncias de irregularidades envolvendo o ex-ministro da Educação, MIlton Ribeiro.

O ex-ministro foi preso nesta quarta-feira no âmbito da operação Acesso Pago, da Polícia Federal.

Segundo denúncias publicadas pela imprensa e em investigação pela Polícia Federal, Milton Ribeiro e os pastores Arilton Moura e Gilmar Santos estariam envolvidos em um esquema de cobrança de propinas para liberar, para prefeituras, recursos para projetos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Humberto Costa disse que o Ministério da Educação, em outros tempos, destacou-se por programas como o Prouni, o Sisu, o Caminho da Escola e o Ciência sem Fronteiras, entre outros, e que hoje é lamentável que a pasta apareça nas páginas policiais dos jornais.

— Quaisquer que sejam os argumentos para que a CPI não se intale, tais como a proximidade da eleição, o avanço das investigações pela Polícia Federal, nada disso isentará o Senado Federal de se manifestar pela implementação de uma investigação — declarou o senador.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Infoco Web

Infoco Web

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.