Saúde custeia 60 ecocardiogramas em outubro para atender demanda reprimida

Saúde custeia 60 ecocardiogramas em outubro para atender demanda reprimida

Em comparação com a oferta de ecocardiogramas realizados pelo Sistema CROSS (Central de Regulação de Oferta de Serviços de Saúde), apenas 5 exames dessa natureza foram realizados.

Devido a demanda reprimida de exames e procedimentos médicos ocasionados desde 2020 pela pandemia do coronavírus, e da fila de espera de pacientes que aguardam a realização dos exames, a Secretaria Municipal da Saúde de Santo Antônio de Posse no mês de outubro, custeou a realização de 60 ecocardiogramas, exame de ultrassonografia do coração.

Em comparação com a oferta de ecocardiogramas realizados pelo Sistema CROSS (Central de Regulação de Oferta de Serviços de Saúde), apenas 5 exames dessa natureza foram realizados. No mês de setembro por exemplo, a Secretaria Municipal da Saúde através de convênio, possibilitou a realização de 40 ecocardiogramas.

Além desse exame, também foram realizados em outubro, 30 testes ergométricos, exame de avaliação do sistema cardiovascular, muito utilizado tanto na prevenção como no diagnóstico de algumas doenças cardíacas, e 230 ultrassons, sendo 90 mamografias.

Através do sistema CROSS, foram realizados 351 exames. Com a queda de casos de Covid-19 em toda a região e o controle da pandemia, a expectativa é de que a oferta de procedimentos médicos seja ampliada, possibilitando maior celeridade no atendimento da população.

Matéria: Anderson Oliveira

Roberto Torrecilhas

Roberto Torrecilhas

Diretor do Jornal Digital do Brasil , Líder Cristão , Casado , Pai , Apresentador do Programa Tamo Junto na TV Artes TV Cultura . Blogueiro , Atuante na defesa da Família, Jornalista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *