Primavera: Ceaflor comemora alta no consumo das flores de corte com a retomada dos eventos sociais

Primavera: Ceaflor comemora alta no consumo das flores de corte com a retomada dos eventos sociais

Após de um ano e meio, recuperação já representa entre 50 e 60% do habitual na pré-pandemia, com forte tendência de elevação

O Ceaflor, o grande entreposto de flores, plantas e acessórios para floricultura, paisagismo e decoração, localizado do Circuitos das Flores, na região de Holambra (SP), está otimista com a chegada da estação das flores, sobretudo porque esta primavera, em particular, chega junto com um momento muito aguardado por produtores, atacadistas e decoradores: a retomada do consumo de flores de corte, com a volta dos eventos e festas.  

Muito empregadas na decoração de casamentos, festas de aniversário e eventos corporativos e institucionais, as flores de corte foram, seguramente, um dos produtos mais diretamente impactados pela pandemia. Em função do distanciamento social, o segmento de eventos, festas e comemorações coletivas foi o primeiro a parar e um dos últimos a voltar, 18 meses depois, agora que a pandemia dá sinais de melhora, com a vacinação em massa da população.

Os eventos e festas têm um peso muito relevante no setor da floricultura, que é composto também por flores envasadas, plantas ornamentais para paisagismo e jardinagem e acessórios para decoração. “A retomada que já representa quase 60% do consumo registrado antes da pandemia, é excelente, sobretudo porque a tendência é de forte elevação, algo muito esperado pelo setor que amargou grandes perdas no começo da pandemia”, afirma o presidente do Ceaflor, Antônio Carlos Rodrigues.

Decorador de eventos, artista floral e professor da Academia Brasileira de Arte Floral (ABAF), o arquiteto e paisagista Tanus Saab também está otimista neste momento em que as celebrações e festas para até 300 convidados voltam a acontecer.

Apesar de os eventos de grande porte, como as festas de formaturas, ainda estarem suspensos, o segmento de festas, em especial casamentos, até o limite permitido de pessoas, está bastante aquecido. Mas até que a produção se normalize por completo, é importante que os profissionais da decoração sejam criativos e utilizem hastes variadas para alcançar volume na composição dos espaços ornamentados, fazendo uso de flores campestres, rosas, flores desidratadas, folhagens e até flores envasadas, que têm maior oferta e preços melhores.

“A volta dos eventos sociais é uma ótima notícia. Depois de quase dois anos de adiamentos, é natural que as celebrações, dentro do limite possível de convidados, estejam acontecendo em maior número que o habitual neste momento em que a vacinação em massa chegou e a pandemia dá sinais de melhora”, afirma.

Primavera

A chegada da estação das flores traz ao mercado brasileiro produtos com mais cor, qualidade e variedade. Ao mesmo tempo, a estação das flores estimula a prática de jardinagem em casa, uma tendência que se destacou durante o isolamento social imposto pela pandemia, com as pessoas mais tempo em casa.

 A Mix Flores, por exemplo, ampliou seu portifólio com as kalanchoês mescladas, oferecendo combinações variadas de cores e formatos. Com preço acessível, as kalanchoês vêm sendo bastante utilizadas na ornamentação de espaços verdes e em arranjos de mesa para eventos sociais e familiares.

Aproveitando a tendência do cultivo de flores, plantas e hortaliças em casa, a empresa de adubos e substratos orgânicos, Bosta em Lata apresenta o KIT PLANTAR.  Nas versões Tomate Cereja, Manjericão, Pimenta Biquinho, Morango e Kids, o KIT disponibiliza todo o necessário para o próprio plantio: uma lata, que pode ser utilizada como vasinho, pedra para drenagem, substrato orgânico, semente e um sachê de adubo orgânico. “É uma forma para as pessoas se iniciarem no mundo da jardinagem e da horta orgânica, estimulando, inclusive, as crianças a se interessarem pelo cultivo”, comenta Leonardo de Matos, sócio da empresa.

Já a Biogreen aposta em produtos 100% ecológicos para florir o jardim, ofertando ao mercado peças sustentáveis, como o Xaxim de Palmeira, em substituição ao xaxim de samambaiaçu, que teve a extração proibida por ser uma espécie em extinção. O Palmeira Biogreen tem maior capacidade de receber nutrientes e está disponível nos tamanhos PP, P, M, G e Meia-Lua, além da versão em forma de coração.

Sobre o CEAFLOR

Mercado de flores, plantas e acessórios para floricultura, paisagismo e decoração que reúne 350 empresas e atende todo o país, o CEAFLOR completa 2 anos neste 24 de setembro. Localizado no Circuito das Flores, na região de Holambra (SP), foi inaugurado em 2019, e já em 2020 iniciou a primeira ampliação, a fim de atender à crescente demanda do setor e acolher novas empresas interessadas em fazer parte do entreposto. Quando a expansão estiver concluída, a nova estrutura do Ceaflor abrigará 946 boxes (40% a mais), 670 vagas para caminhões, sendo 362 em docas, o que representa uma ampliação de 71%, e mais de mil vagas para estacionamento, o dobro da estrutura original. A previsão é que o novo galpão seja entregue ainda neste ano e a conclusão total da reforma ocorra em fevereiro de 2022. O Ceaflor está localizado na Rodovia Prefeito Aziz Lian (SP 107), km 29,3, em Jaguariúna – SP.

Roberto Torrecilhas

Roberto Torrecilhas

Diretor do Jornal Digital do Brasil , Líder Cristão , Casado , Pai , Apresentador do Programa Tamo Junto na TV Artes TV Cultura . Blogueiro , Atuante na defesa da Família, Jornalista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *