Chiquinha Gonzaga noSétimo Concerto Sinos de 2021

Chiquinha Gonzaga noSétimo Concerto Sinos de 2021
Chiquinha Gonzaga noSétimo Concerto Sinos de 2021
Obra da compositora pioneira será interpretada por sopros e percussão da Orquestra Sinfônica da UFRJ em apresentação que também inclui peças de Carolina Cardoso de Menezes, Henrique Cazes e Everson Moraes. Vídeo estreia neste dia 24/9, às 18h, no site do projeto e no canal Arte de Toda Gente, no Youtube. O Sistema Nacional de Orquestras Sociais – Sinos é uma parceria da Funarte com a UFRJ.
Estreia nesta sexta-feira, 24 de setembro, às 18h, o sétimo Concerto Sinos da Temporada 2021. A apresentação encerra a série “Uma breve história do choro”, com a qual o Sinos junta passado e presente para mostrar o quanto a tradição e a contemporaneidade estão presentes neste gênero, que se renova a cada geração. No programa, obras de Chiquinha Gonzaga (foto), Carolina Cardoso de Menezes, Henrique Cazes e Everson Moraes, interpretadas pelos sopros e percussão da Orquestra Sinfônica da UFRJ, com regência de Marcelo Jardim. O Sinos é uma parceria entre a Fundação Nacional de Artes – Funarte e a Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, com curadoria de sua Escola de Música.
Os compositores e suas obrasChiquinha Gonzaga (1847-1935) foi uma pioneira que criou sua obra a partir das demandas da sociedade carioca por uma música popular urbana na virada do século XIX para o XX e que tinha no teatro de revista uma de seus meios de expressão. “Água do Vintém”, no vídeo, é uma referência ao chafariz onde os ambulantes captavam a água que vendiam para a população.Carolina Cardoso de Menezes (1913-1999) foi uma pianista e compositora de uma geração que teve no rádio o meio através do qual a música popular se expandiu e se transformou em uma das manifestações mais representativas da cultura brasileira. “Gibi bacurau” é uma obra na qual Carolina fez uma síntese de diferentes danças, como o coco, o maxixe e o samba.Henrique Cazes (1959)cavaquinista e compositor, está presente com “Duradoura paixão”. Assim como o teatro e o rádio, a chamada “roda de choro” foi um meio determinante para o florescimento do gênero. Reunindo os músicos com seus diferentes instrumentos para cultivarem o prazer de tocar, a roda foi o ambiente no qual nasceram vários choros, como este, de sua autoria.Everson Moraes (1986), jovem trombonista, compositor e arranjador apresenta o samba “Essa ponte é de safena”, seguindo a melhor tradição de compositores como Anacleto de Medeiros e Irineu de Almeida, que levaram o choro para o repertório das bandas de música, e fazendo assim também uma ponte entre as diferentes gerações de chorões.
O que são os Concertos SinosA série Concertos Sinos foi criada para veicular a produção artística dos projetos sociais, das orquestras brasileiras e do próprio Sistema Nacional das Orquestras Sociais. Por meio da série, em concertos presenciais ou virtuais, são também apresentadas ao público as obras criadas e editadas para o Repertório Sinos – ação que disponibiliza obras de compositores brasileiros de diferentes épocas e de todas as regiões do país. Os Concertos Sinos contam com a participação de diversas orquestras, solistas e maestros brasileiros, assim como de alguns dos compositores, que também participam com breves comentários sobre suas obras. Atualmente, os Concertos Sinos estão em sua segunda temporada e todas as apresentações da série estão disponíveis, tanto no site do projeto, quanto no canal Arte de Toda gente, no Youtube.O projetoLançado em julho de 2020, o Sinos é formado por uma rede de dezenas de profissionais de música, que atuam em cursos, oficinas, concertos e festivais. As atividades se iniciaram exclusivamente online e, quando possível, se estenderão a ações presenciais, em todas as regiões do país. A ideia é capacitar regentes, instrumentistas, compositores e educadores musicais, apoiando projetos sociais de música e, ainda, contribuir para o desenvolvimento das orquestras escola de todo o país. Para mais detalhes sobre o projeto visite o site www.sinos.art.br.
Serviço:Sétimo concerto da segunda temporada da série Concertos Sinos, do Sistema Nacional de Orquestras SociaisQuando: estreia em 24/9, às 18h, no site www.sinos.art.br e no canal Arte de Toda Gente, no YoutubeRealizaçãoFundação Nacional de Artes – Funarte | Secretaria Especial da Cultura | Ministério do TurismoUniversidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)Curadoria: Escola de Música da UFRJInformações sobre esse e outros programas da Funarte www.funarte.gov.brMais informações para a imprensa Projetos UFRJ – Funarte: [email protected]
Roberto Torrecilhas

Roberto Torrecilhas

Diretor do Jornal Digital do Brasil , Líder Cristão , Casado , Pai , Apresentador do Programa Tamo Junto na TV Artes TV Cultura . Blogueiro , Atuante na defesa da Família, Jornalista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *