Polícia Civil fecha mais uma festa na zona sul de São Paulo

Polícia Civil fecha mais uma festa na zona sul de São Paulo


Policiais civis do Grupo Armado de Repressão a Roubos (Garra/Dope) fecharam mais uma festa clandestina, no Capão Redondo, na noite desta terça-feira (27), em apoio ao Comitê de “Blitz” criado pelo Governo do Estado de São Paulo, para reforçar a fiscalização do cumprimento das medidas restritivas contra a pandemia do Coronavirus, atuando contra festas e aglomerações, que vão contra Decreto Estadual.

No local os policiais constataram tratar-se de uma choperia e que no interior havia aglomeração de pessoas dançando, com bebidas alcoólicas sendo servidas, narguiles de uso coletivo e mesa de som.

Os agentes sanitários acompanharam os trabalhos e foi constatada a presença de 91 pessoas. O gerente do estabelecimento, bem como o proprietário de uma tabacaria, que locava os narguiles no local, o DJ e o responsável pelo bar foram identificados e conduzidos à Especializada.

Todos os procedimentos foram realizados, inclusive com imposição de infrações, penalidades e a interdição do local, emitidos por agentes da Prefeitura de São Paulo.

Diante dos fatos apresentados, a Autoridade Policial do Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania – DPPC, amparada pelo Decreto Estadual que regulamenta o “Plano São Paulo”, proibindo o funcionamento de todos os serviços não essenciais, com vedação expressa de qualquer evento que possa gerar aglomeração, causando a disseminação da COVID-19, determinou a lavratura de termo  circunstanciado em desfavor dos conduzidos, como incursos no  crime de Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa.

Infoco Web

Infoco Web

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *