Palmeiras derrota Independiente del Valle por 5 a 0 pela 2ª rodada da fase de grupos

Palmeiras derrota Independiente del Valle por 5 a 0 pela 2ª rodada da fase de grupos


Palmeiras enfrentou pela segunda rodada da fase de grupos da CONMEBOL Libertadores 2021 o Independiente del Valle e venceu por 5 a 0, na noite desta terça-feira (27), no Allianz Parque – este era um adversário contra o qual o time alviverde nunca antes havia duelado contra. Os gols da partida foram marcados por Rony e por Luiz Adriano, aos 10 e 19 minutos do primeiro tempo, e pela dupla Patrick de Paula, aos 19 da etapa final – sendo este o gol de número 12 mil da história palestrina -, Rony, aos 28, e Danilo Barbosa, aos 35.

De quebra, com a vitória, o Palmeiras segue com 100% de aproveitamento no torneio: a outra vitória foi na estreia do time pela competição, contra o Universitário-PER, fora de casa, por 3 a 2 com gol de Renan nos acréscimos.

Especificamente no cenário mandante, o Verdão também detém o recorde de time brasileiro com mais gols na história da Libertadores: são 220 bolas na rede, contra 201 do Cruzeiro, segundo colocado. Vale ressaltar que o Maior Campeão do Brasil ocupa a sétima equipe, dentre times de qualquer nacionalidade, com mais gols na história do torneio continental: com 371 gols! Neste quesito, só estão à frente do Palmeiras o Cerro Porteño-PAR, (6°, com 403 gols em 310 jogos), o Olimpia-PAR (5°, com 444 gols em 312 jogos), o Boca Juniors-ARG (4°, com 465 gols em 298 jogos), o Nacional-URU (3°, com 549 gols em 394 jogos), o Peñarol-URU (2°, com 555 gols em 369 jogos) e o River Plate-ARG (líder do ranking, com 606 gols em 363 jogos).

Além disso, o resultado favorável fez o time de Abel Ferreira emplacar quatro vitórias seguidas contra times equatorianos (agora é, isolada, a maior série contra times dessa nacionalidade), coincidentemente, todas elas pela Libertadores. Antes do triunfo desta noite, o Verdão havia vencido por 1 a 0 do Barcelona-EQU (jogo de volta das oitavas de final, pela Libertadores de 2017) e, depois, o Delfín-EQU, por 3 a 1 e 5 a 0, respectivamente, nos jogos de ida e volta das oitavas de final da Libertadores do ano passado – mesma fase em que enfrentou o Barcelona. Contra times do Equador, aliás, o Palmeiras tem ótimo aproveitamento: 13 vitórias, dois empates e quatro derrotas em 19 jogos.

Cesar Greco / Palmeiras

O placar elástico tem se tornado comum por Libertadores em casa. Nos últimos seis jogos do Verdão pelo Continental no Allianz Parque, esta já é a quarta vitória por 5 a 0. As outras foram contra o Bolívar-BOL, Tigre-ARG, e Delfín-EQU. Com o resultado, o Verdão também repetiu as maiores goleadas da história do Allianz Parque: além dos placares citados por 5 a 0, houve ainda três triunfos anteriores, em 2015, contra o Sampaio Corrêa-MA pela Copa do Brasil, em 2017, contra o Sport, pelo Brasileiro, e em 2018, diante do Grêmio Novorizontino, pelo Campeonato Paulista.

Individualmente, destaque especial para Rony, que marcou dois gols na partida e, no total pelo clube, tem desempenho avassalador pela Libertadores: 13 jogos, sete gols e nove assistências. Destaque ainda para Patrick de Paula, que tem a sina de fazer gols históricos: além de marcar, nesta noite, o tento de número 12 mil da história do clube, havia feito também, em disputa de pênaltis, o histórico gol contra o Corinthians que deu ao Verdão o título do Paulista de 2020.

Infoco Web

Infoco Web

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *