Paim defende quebra de patentes de vacinas anticovid no Dia Mundial da Saúde

Paim defende quebra de patentes de vacinas anticovid no Dia Mundial da Saúde


O senador Paulo Paim (PT-RS) destacou o simbolismo e a importância da votação pelo Plenário do Senado, neste Dia Mundial da Saúde, 7 de abril, do Projeto de Lei (PL) 12/2021, de sua autoria, que estabelece a quebra temporária de patentes de vacinas, testes de diagnóstico e medicamentos de eficácia comprovada contra a covid-19.

Ele destacou que os altos preços das vacinas impedem que os países mais pobres tenham acesso aos imunizantes, fazendo que mais de 100 nações, com uma população total de 2,5 bilhões de pessoas, ainda não tenham começado a vacinação. Acrescentou que mesmo os países que a podem comprar não estão encontrando vacinas com facilidade.

De acordo com Paim, numerosas organizações e personalidades internacionais estão unidas na defesa de uma suspensão temporária dessas patentes, que além de barateá-las vai possibilitar o aumento da produção.

— Será que o mundo todo está errado e somente os poderosos [governos e laboratórios] é que estão certos? O Parlamento Europeu já tem mais de 300 assinaturas de apoio à quebra de patentes, a OMS e os Médicos Sem Fronteiras também apoiam, artistas internacionais estão em campanha, ganhadores do Oscar, Sharon Stone, George Clooney, entre outros, pedem quebra de patentes já, vacinas para todos já — afirmou.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Infoco Web

Infoco Web

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *