Grupo de trabalho discute nesta quinta-feira criminalização do racismo

Grupo de trabalho discute nesta quinta-feira criminalização do racismo


Leopoldo Silva/Agência Senado
Direitos Humanos - negros - racismo manifestações (protestos antirracismo em Brasília-DF, 7/6/20)
Manifestantes protestam contra o descaso do Estado com a população negra

O grupo de trabalho criado pela Câmara dos Deputados para aperfeiçoar a legislação de combate ao racismo estrutural no País reúne-se nesta quinta-feira (29) para discutir o tema “Criminalização do Racismo”.

Foram convidados para o debate:

  • o advogado Hédio Silva Jr.;
  • o desembargador do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJBA) Lidivaldo Britto;
  • a promotora de Justiça do Ministério Público do Estado da Bahia (MPBA) Lívia Santana;
  • o procurador da República do Ministério Público Federal (MPF) Paulo de Souza Queiroz; e
  • o professor da Universidade Federal da Bahia (UFBA) Samuel Santana Vida.

A reunião será realizada no plenário 5, a partir das 14 horas.

GT
Instalado em janeiro deste ano, o grupo de trabalho é formado por 20 juristas, todos negros, e pretende dotar o sistema jurídico de instrumentos para coibir problemas como o encarceramento em massa da população negra, a violência das abordagens policiais e a interligação do racismo com outros tipos de discriminação, como o machismo e a homofobia.

O colegiado é presidido pelo ministro Benedito Gonçalves, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), e assessorado por dois consultores legislativos da Câmara.

Da Redação – MO

Infoco Web

Infoco Web

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *