Em reunião com governador, parlamentares tiram dúvidas sobre programa Bolsa do Povo

Em reunião com governador, parlamentares tiram dúvidas sobre programa Bolsa do Povo


Os parlamentares da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo participaram nesta quinta-feira (8/4) da primeira reunião com o governador João Doria sob o comando do novo presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, deputado Carlão Pignatari.

No encontro, deputados e deputados puderam tirar dúvidas quanto à criação do programa Bolsa do Povo, que vai incorporar ao menos seis ações assistenciais já existentes no Estado. Aproximadamente 500 mil paulistas devem ser beneficiados com a iniciativa, segundo o governo.

O Projeto de Lei 221/2021, de autoria do Executivo, foi entregue nesta quarta-feira (7/4) pelo atual secretário de Estado da Casa Civil, Cauê Macris, ao presidente do Parlamento.

O Programa Emergencial de Auxílio Desemprego, que passará a se chamar Bolsa-Trabalho, também foi incluso no pacote que, dentre outros, conta também com os programas Renda Cidadã e a bolsa-auxílio Via Rápida, um programa de qualificação profissional e transferência de renda.

De acordo com o vice-governador e secretário de Governo, Rodrigo Garcia, R$ 1 bilhão será investido em assistência social, emprego, capacitação profissional, educação, saúde, habitação e esporte, o que torna a medida o maior programa social da história de São Paulo, segundo ele. Órgãos participantes, como prefeituras, poderão complementar os valores.

Reunião

Na ocasião, Doria parabenizou o Legislativo pela aprovação do projeto que permite a compra de vacinas pelo governo do Estado e setor privado, e garantiu aos parlamentares de que não haverá falta de produtos e medicamentos do “kit intubação” no Estado.

A falta de insumos para a produção dos imunizantes no Instituto Butantan também foi pautada. Segundo a deputada Analice Fernandes (PSDB), o governador “esclareceu que isso não irá acontecer porque ele está em contato com o governo chinês”. “Na próxima semana, mais de três mil litros do IFA (Insumo Farmacêutico Ativo) chegarão ao Instituto Butantan”, disse ela. A parlamentar disse que mais 10 milhões de doses da Coronavac serão entregues no mês de abril.

De acordo com o deputado Alex de Madureira (PSD), o governador também falou sobre o plano do governo para dar suporte econômico a setores rigidamente afetados pela pandemia, como bares e restaurantes.

Esse foi o primeiro encontro mensal que Carlão Pignatari participou como presidente da Alesp. Para ele, trata-se de “uma oportunidade para que os deputados e deputadas conversem, tirem dúvidas, conheçam as principais ações do governo em diversas áreas”.

Desde que tomou posse como governador, em janeiro de 2019, João Doria costuma se reunir mensalmente com os parlamentares. Durante o primeiro ano, o chefe do Executivo realizava visitas presenciais à sede do Legislativo, mas, com o início da pandemia de Covid-19, os encontros passaram a acontecer em ambiente virtual.

Infoco Web

Infoco Web

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *