Grupo de juristas de combate ao racismo debate direitos de comunidades tradicionais na terça-feira

Grupo de juristas de combate ao racismo debate direitos de comunidades tradicionais na terça-feira


Depositphotos
 Crianças à porta de suas casas em uma comunidade quilombola
 Segundo um levantamento da Fundação Cultural Palmares, há mais de 3 mil grupos quilombolas no Brasil

O grupo de trabalho de juristas criada pela Câmara dos Deputados para aperfeiçoar a legislação sobre racismo promove audiência pública na terça-feira (30) para debater direitos sociais e econômicos das comunidades tradicionais.

A reunião ocorre, no plenário 05, às 10 horas.

A comissão de juristas foi criada em decorrência da morte de João Alberto, o consumidor negro espancado até a morte por seguranças em uma loja do supermercado Carrefour, em Porto Alegre, em novembro do ano passado. O grupo, formado por 20 juristas negros, tem como presidente o ministro Benedito Gonçalves, do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Da Redação – GM

Infoco Web

Infoco Web

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *