Executivo libera R$ 29 bilhões para quitar gastos urgentes com pessoal

Executivo libera R$ 29 bilhões para quitar gastos urgentes com pessoal


A Secretaria de Orçamento Federal (SOF) publicou portaria que libera quase R$ 28,8 bilhões para despesas urgentes cuja quitação dependeria de autorização do Congresso Nacional. A maior parte destina-se a gastos com pessoal.

A medida foi possível com sanção, no último dia 22, da Lei 14.127. Essa norma autoriza o remanejamento de dotações condicionadas à aprovação de proposta de crédito adicional para contornar a chamada “regra de ouro”.

Só que esse projeto de lei só poderá ser enviado pelo Poder Executivo ao Congresso Nacional após a sanção da Lei Orçamentária Anual (LOA) para este ano. A proposta foi aprovada na última quinta-feira (25) pelos deputados e senadores.

“A lei orçamentária de 2021 poderá ser publicada somente na primeira quinzena de abril, o que impossibilita a abertura de crédito adicional para o atendimento de despesas cuja execução já se mostra necessária no decorrer de março”, disse o ministro da Economia, Paulo Guedes, ao sugerir as mudanças.

Além de despesas com pessoal civil e militar, a Portaria 3.378/2021 da SOF destina R$ 111,3 milhões para ações de proteção e defesa civil e R$ 500 milhões para subvenção econômica em operações de crédito rural (Lei 8.427, de 1992).

Da Agência Câmara de Notícias

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Infoco Web

Infoco Web

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *