Polícia Civil esclarece latrocínio de atendente no Grajaú

Polícia Civil esclarece  latrocínio de atendente no Grajaú


Brasão Nacional PCSP Moldura_LOW.png

No sábado (13), policiais civis do 101º Distrito Policial do Decap esclareceram um latrocínio que vitimou um atendente, de 19, após ele ter sido alvejado por disparo de arma de fogo, no bairro do Grajaú, na Capital.

No dia 17 de janeiro, na Rua Francisco Sanches Dias, a vítima foi ferida mortalmente com um disparo de arma de fogo no peito, após um desconhecido em uma moto anunciar o roubo de seu celular. Ela faleceu no local, ocasião em que foi solicitada perícia.

As investigações tiveram início por meio de análise de imagens do local, próximo onde o crime ocorreu. Um homem com as mesmas características que a do investigado, e com o mesmo “modus operandi”, havia sido preso na noite anterior à elucidação do delito.

Preso pelo delito mais recente, o autor do latrocínio foi reconhecido visualmente no interior da delegacia, como aquele que matou o atendente de 19 anos no dia 17 de janeiro.

Infoco Web

Infoco Web

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *