Lucas Lima tem temporada com gols e liderança em passes para finalizações

Lucas Lima tem temporada com gols e liderança em passes para finalizações


Presente em 21 das últimas 29 partidas (sendo 15 destas como titular), Lucas Lima se destaca não só pela assiduidade. Em suas últimas exibições, o jogador vem fazendo a diferença junto ao time: na atual temporada, ele é o líder em passe para finalizações – até o início desta rodada, ele entrou em campo como o palmeirense que mais proporcionou chutes a gol dos seus companheiros. Foram 69, seguido de Gabriel Menino, com 57 (números do Footstats que não incluem os passes que resultaram em bola na rede). Ele também o sexto colocado na lista dos maiores garçons do Allianz Parque, com nove passes (atrás de Robinho e Róger Guedes, com dez, de Willian com 11 assistências, e de Marcos Rocha, vice-líder, com 13, todos atrás de Dudu, com 35).

E não é só isso. O meia vem ajudando o time em construção de jogadas de gols e também em passes para que seus companheiros pudessem chegar às redes. No dia 24 do último mês, contra o Ceará, fora de casa, pelo Brasileiro, ele deu a assistência para o gol de Gabriel Veron; antes, no duelo mais recente da Copa do Brasil, cobrou a falta que originou o segundo gol do Palmeiras sobre o América-MG fora de casa, na vitória por 2 a 0 (gol este que selou a classificação à final do torneio nacional). A falta, cobrada pelo lado esquerdo, aos 40 minutos do segundo tempo, entre o escanteio e a grande área, foi na medida para Mayke finalizar e o goleiro adversário rebater. Na sobra, Rony balançou as redes – o primeiro gol da partida havia sido marcado por Luiz Adriano minutos antes.

Antes disso, há alguns jogos, Lucas Lima havia sido o responsável pela cobrança do corner que originou o gol de Willian Bigode, o segundo do Verdão sobre o Peixe, em rodada do Brasileiro, em 05/12 – a bola ainda desviou em Zé Rafael antes de o camisa 29 balançar as redes. Já no jogo de volta das oitavas de final da Libertadores (vitória sobre o Delfín-EQU por 5 a 0 e classificação), Lucas Lima chutou de longe e a pelota explodiu na zaga, sobrando para Patrick de Paula dominar e também chutar de longe e marcar um golaço, abrindo o placar.

Ainda um jogo antes, no triunfo sobre o Athletico-PR por 3 a 0, em 28/11, no Allianz Parque, pelo Brasileiro, ele havia concedido o passe para o primeiro gol do Palmeiras, também marcado por Patrick de Paula e, com isso, chegou a 20 assistências no total desde que chegou ao Palmeiras em 2018. Desta forma, Lucas Lima passou a ser o líder de passes a gol do atual elenco, ao lado de Willian Bigode, com as mesmas 20 assistências e também Marcos Rocha.

E em outro duelo anterior, no jogo de ida das oitavas da Libertadores, contra o Delfín-EQU (vitória por 3 a 1 fora de casa), em 25 de novembro, Lucas também teve papel imprescindível no resultado favorável. Foi dele que originou-se o lance do pênalti que ocasionou o segundo gol do Verdão no duelo com os equatorianos (convertido por Rony) – na ocasião, o meia chutou de perto da entrada da grande área e a bola foi desviada pela zaga com o braço.

Este não foi o único penal que o atleta favoreceu o Palmeiras nos tempos recentes: em outros dois compromissos, estes pelo Brasileiro (diante do Vasco, em 08/11, e contra o Fluminense, em 14/11), ele sofreu ambas as penalidades – diante do time cruz-matino, a infração valeu o gol da vitória, marcado por Luiz Adriano no rebote após defesa do goleiro Fernando Miguel e, diante do Tricolor Carioca, o tiro foi cobrado por Raphael Veiga e abriu caminho para o triunfo por 2 a 0 sobre o time das Laranjeiras.

Infoco Web

Infoco Web

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *