Polícia Civil investiga funcionário do Detran que realiza desvinculação de débitos de veículos não relacionados para leilão

Polícia Civil investiga funcionário do Detran que realiza desvinculação de débitos de veículos não relacionados para leilão


Nesta manhã (04), a 3ª Delegacia de Polícia da Divisão de Investigações sobre Crimes contra a Administração, Combate à Corrupção e Lavagem ou Ocultação de Bens, Direitos e Valores, do Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (DPPC), deflagrou a “Operação Leilão Fantasma”.

A atuação de campo de polícia judiciária objetivou o cumprimento de 2 mandados de busca, emanados de investigações que apuram a prática reiterada de desvinculação de débitos de veículos supostamente direcionados a leilão e posterior comunicação de venda dos mesmos, provocando o lançamento dos débitos para o CPF dos antigos proprietários e possibilitando a transferência de propriedade sem o pagamento dos débitos vinculados.

Verificou-se que as inserções fraudulentas foram feitas pelo código de usuário de um único servidor, lotado na Diretoria de Educação de Trânsito e Fiscalização do Detran – Gerência de Pátios e Leilões.

Auditoria interna do Detran constatou que, somente no mês de setembro, o investigado realizou operações envolvendo 539 veículos, sendo que desses, apenas 147 constaram como relacionados para leilão, os demais 392 veículos tiveram débitos desvinculados, sem que fossem localizados expedientes ou publicações relativas a leilões.

Em um único dia de setembro, o investigado promoveu a desvinculação de débitos de veículos que geraram um prejuízo ao erário no montante de mais de R$ 134 mil.

Na residência do investigado foram localizadas duas escrituras de imóveis nos valores de R$ 150 mil, havendo um contrato de gaveta dos mesmos imóveis no valor de R$ 960 mil.

Foram apreendidos R$ 31 mil em espécie, U$ 1 mil e 4 mil euros, pendrives, HD’s, celular e diversos documentos.

As investigações prosseguem a fim de se verificar o envolvimento de outras pessoas nas fraudes.

Infoco Web

Infoco Web

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *