Batida frontal entre dois veículos deixa um morto e três feridos em Valinhos

Batida frontal entre dois veículos deixa um morto e três feridos em Valinhos


Acidente ocorreu na tarde deste sábado (23), na Estrada Municipal do Roncáglia.

Helicóptero Águia, da Polícia Militar, prestou socorro às vítimas.

Batida frontal entre dois veículos deixa um morto e três feridos em Valinhos (SP) Helen Sacconi/EPTV Um homem de 36 anos morreu e outras três pessoas ficaram feridas após uma colisão frontal entre dois veículos na tarde deste sábado (23), na Estrada Municipal do Roncáglia, em Valinhos (SP).

O helicóptero Águia, da Polícia Militar, prestou apoio à ocorrência.

Segundo a Guarda Municipal, a caminhonete bateu de frente contra um carro onde estavam três homens por volta das 15h30.

O motorista da caminhonete, que estava sozinho no veículo, foi socorrido por uma ambulância e levado à Santa Casa de Valinhos.

O estado de saúde da vítima não foi divulgado. Ainda de acordo com a corporação, a vítima fatal dirigia o segundo veículo e teve o óbito constatado no local.

Os outros dois ocupantes do carro foram encaminhados em estado grave para a Santa Casa municipal e para o Hospital de Clínicas da Unicamp, em Campinas (SP).

Segundo a Polícia Militar, o veículo dirigido pela vítima fatal pegou fogo após a colisão, mas as chamas foram contidas por pessoas que passavam pelo local.

Dentro do carro, foi encontrada uma lata de cerveja, mas não há confirmação se o motorista estava embriagado. Acidentes constantes À EPTV, afiliada TV Globo, moradores da região afirmaram que, por não haver lombadas no local, os carros costumam trafegar em alta velocidade, causando acidentes frequentes.

Os moradores afirmam ainda que a administração dos condomínios vizinhos à estrada teve o pedido de instalação de lombadas no local negado pela prefeitura.

Helicóptero Águia, da Polícia Militar, prestou socorro às vítimas do acidente Helen Sacconi/EPTV O que diz a prefeitura? Em nota, a administração municipal afirma que o pedido não foi atendido devido às regras do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que não recomendam a instalação de lombadas em locais próximos a longos declives e curvas acentuadas, como é o caso da região.

A prefeitura afirma ainda que “já havia incluído a Estrada do Roncáglia na segunda fase de instalação de equipamentos eletrônicos de monitoramento de trânsito, que será implementada a partir de agosto próximo”.

De acordo com a publicação, o incremento da sinalização também está programado para o mês de junho.

A gestão do município ressalta que, na próxima semana, técnicos da secretaria de Obras e Serviços Públicos vão avaliar a questão da iluminação do trecho.

“A Secretaria de Mobilidade Urbana lamenta o acidente ocorrido e reforça que os motoristas devem obedecer as leis de trânsito, dirigir com prudência e cautela e redobrar os cuidados em trechos como longos declives e curvas acentuadas”, complementa. As causas do acidente não foram divulgadas até esta publicação.

INF. G1 CAMPINAS

Jornal Digital do Brasil

Jornal Digital do Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *