Motorista de aplicativo é encontrado morto em Hortolândia

Motorista de aplicativo é encontrado morto em Hortolândia

Filho disse à polícia que o pai teria saído de casa para trabalhar, no Parque Figueira, em Campinas (SP), e não retornou mais.

Um homem, de 44 anos, morreu na noite deste sábado (18), após ter sido baleado na Rua da Govarri, no Jardim Nova América, na cidade de Hortolândia (SP). O corpo foi encontrado de madrugada. Ninguém foi preso. As informações são da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP).

A identificação da vítima, que estava desaparecida, foi possível por meio do sistema de Legitimação à Distância (Lead). Uma testemunha informou ter escutado um estampido e logo em seguida, barulho de um veículo saindo em alta velocidade, momento em que viu o homem caído e ligou para a polícia.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também foi acionado e constatou o óbito ainda na área dos fatos. A PM consultou a placa do carro envolvido na ocorrência e constatou tratar-se de um Nissan/Versa com queixa de desaparecimento, conforme boletim de ocorrência registrado no 1º Distrito Policial de Campinas. O automóvel estava com danos no vidro traseiro.

Após identificação, foi possível localizar um registro do desaparecimento feito pelo filho da vítima, que contou que o pai trabalhava atualmente como motorista por aplicativo e que teria saído de casa para trabalhar, no Parque Figueira, em Campinas, e não retornou mais.

O Instituto de Criminalística (IC) foi acionado e periciou a área. O carro foi removido ao pátio local para análise. A ocorrência foi registrada como homicídio e localização/apreensão de veículo no plantão da Delegacia de Hortolândia.

Jornal Digital do Brasil

Jornal Digital do Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *