Grupo do Facebook resgata a história memória de São Paulo

Grupo do Facebook resgata a história memória de São Paulo

MEMÓRIAS PAULISTAS – HISTÓRIAS PAULISTANAS

A construção do Viaduto do Chá; o Páteo do Collégio; as revoluções de 1924 e 1932; o início dos grandes magazines como o Mappin – 1913, Mesbla – 1930, G. Aronson – 1944, Arapuã – 1957; Sears – 1949…; os bailes; os carnavais…. e por ai vai.

Essas são apenas alguns dos milhares de textos e imagens que formam o acervo do grupo “Memórias Pasulistanas – Histórias Paulistnas” no Facebook, que sempre promove um passeio para que os membros saiam do virtual e passem a se conhecer pessoalmente. Um verdadeiro museu nas redes sociais.

Em 2011 Pedro Nastri foi o idealizador e criador deste grupo. Jornalista, radialista, escritor e pesquisador, este apaixonado pela história da cidade de São Paulo, nasceu no bairro do Brás, região conhecida por suas cantinas, pizzarias, cinemas, lojas de departamento, etc.

“São Paulo, essa Metrópole, tem em sua característica a miscigenação humana, por isso mesmo não há uma identidade própria, paulistana, assim como não tem uma cultura para chamar de sua”. Uma cidade não é feita apenas de ruas, casas, paisagem, praças e monumentos. A cidade contém vida, pessoas e relações que traduzem o seu espírito”. Como uma das maiores metrópoles do mundo, têm como característica principal a influência, seja ela social, econômica ou cultural, sobre as demais cidades do estado e do país”, conclui Nastri

Pedro Nastri, irrequieto com a ausência de mecanismo que pudessem oferecer maior conhecimento da cidade, resolveu se arriscar em um projeto ambicioso de levantamento da história e memória da cidade de São Paulo. Mas para que esse intento, era necessário reunir pessoas que pudessem compartilhar suas

lembranças, conhecimentos, fotos, causos e tudo mais que levassem a entender o crescimento da cidade.

Assim, em 2011, nascia o grupo “Memórias Paulistanas – Histórias Paulistanas”, pela plataforma facebook.

“O grupo Memórias Paulistanas, que hoje reúne mais de 100 mil membros – um dos maiores do facebook, é livre para receber fotos, documentos, textos, filmes, e tudo o que se relaciona com a história da cidade de São Paulo. As pessoas que fazem o grupo trazem consigo aquilo que somente o tempo é capaz de somar às nossas vidas. Trazem mais respeito, sabedoria, vivacidade e aquela forma diferenciada de tratar a memória da cidade”, diz Pedro.

“Comparando imagens, que na sua maioria pertence a acervo pessoal, é possível ver o crescimento dos bairros, desde os mais antigos, como os mais atuais. Também podemos contemplar o rápido crescimento de São Paulo, deste o final do século XIX, com o início da imigração, quando a cidade era apenas um local ainda sem vida, pois Rio de Janeiro era o centro de tudo, até por ser a capital do país”, conclui Pedro Nastri.

O grupo também despertou o interesse de estudantes, professores, arquitetos, urbanistas, pesquisadores e escritores. Também é fonte de pesquisa para muitos estudantes que ali procuram concluir seu TCC.

Para conhecer mais sobre a memória e história da cidade de São Paulo, é só visitar o grupo no facebook. https://www.facebook.com/groups/memoriaspaulistanas/

Jornal Digital do Brasil

Jornal Digital do Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *