Policial civil desenvolve cartilha com orientações para evitar golpes de estelionato

Policial civil desenvolve cartilha com orientações para evitar golpes de estelionato

Material está disponível na internet.

Uma investigadora da Polícia Civil, em Presidente Prudente (SP), desenvolveu uma cartilha com orientações e alertas sobre golpes de estelionatos mais comuns aplicados atualmente.

Bárbara Camapum, que atualmente trabalha na Central de Polícia Judiciária (CPJ), em razão de suas funções, se especializou em crimes de estelionato, cujas vítimas em sua maioria são idosos.

Por essa razão, ela desenvolveu uma cartilha, disponível em e-book, com alerta a todas as pessoas sobre os golpes mais comuns aplicados atualmente, na tentativa de evitar a consumação dos crimes e gerar tristeza aos idosos. A linguagem da cartilha é simples, para que possa atingir todas as pessoas e assim orientá-las para que não sejam vítimas dessa natureza criminosa.

Entre os golpes citados na cartilha, está o do coronavírus, que ainda não foi registrado no Oeste Paulista. A cartilha possui mais de dez golpes de estelionato, explica o modo de agir dos bandidos e conta com orientações para evitar ser vítima de tais crimes.

Os interessados em palestras sobre o conteúdo do e-book podem entrar em contato com a assistente social da Delegacia de Polícia de Proteção ao Idoso, através do telefone (18) 3221-9100 ou pelo e-mail [email protected] . As palestras poderão ser agendadas para o horário das 8h às 12h.

Jornal Digital do Brasil

Jornal Digital do Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *