Polícia Rodoviária Estadual inicia bloqueios em rodovias que dão acesso ao litoral de São Paulo

Polícia Rodoviária Estadual inicia bloqueios em rodovias que dão acesso ao litoral de São Paulo

Medida segue determinação da Justiça e recomendação das prefeituras, que restringe o acesso de turistas às cidades do litoral.

A Polícia Rodoviária Estadual iniciou na manhã deste sábado (21) as ações de bloqueios nas estradas que dão acesso a cidades do litoral norte de São Paulo. A medida foi adotada após decisões judiciais para evitar o acesso de turistas ao litoral diante da pandemia de coronavírus.

Os bloqueios acontecem nas rodovias Rio-Santos, Tamoios e Oswaldo Cruz, onde somente pessoas que comprovem ser prestadores de serviços essenciais ou que moram nas cidades, terão a passagem permitida. A ação também acontece nas rodovias de acesso ao litoral sul.

O bloqueio na Rio-Santos acontece no trecho da Tabatinga em Ubatuba. Já na Tamoios, a barreira será na altura do Km 81. Na Oswaldo Cruz, os policiais fazem a triagem na altura do posto da PRE no pé da serra, na altura do Km 89.

A medida de limitar o acesso as rodovias foi publicada em duas decisões da Justiça, nesta sexta-feira (20), como forma de prevenção à propagação do coronavírus (Covid-19) e seguem os decretos municipais das prefeituras, que já haviam determinado a restrição na entrada de pessoas que não sejam moradoras do litoral.

De acordo com a PRE, comprovantes de endereço, carteira de trabalho ou qualquer outro documento que comprove o vínculo da pessoa com as cidades do litoral deverão ser apresentados aos policiais, para que o motorista consiga seguir viagem pelas rodovias.

Decisões

Em Ubatuba, o juiz Diogo Volpe Gonçalves Soares aplicou a restrição às rodovias Oswaldo Cruz (SP-125) e Rio-Santos, ficando permitida somente a entrada de veículos de emergência e de atendimento médico, de transporte e abastecimento de suprimentos, de prestação de serviços essenciais ou que tenham vínculo com morador da cidade.

Já em Caraguatatuba, o juiz Ayrton Vidolin Marques Júnior afirmou que o estado de emergência decretado pela prefeitura de Caraguá mostra a necessidade da restrição e multa diária de R$ 100 mil a concessionária Tamoios em caos de descumprimento da decisão.

Em Caraguá, só está permitida a entrada de carros de serviços médicos, veículos de transporte e abastecimento de suprimentos ou de serviços essenciais que comprovem ter como destino alguma cidade do litoral e de quem comprovar ter residência fixa no litoral norte.

Ainda segundo a Justiça, a medida é de caráter temporário, mas ainda não há prazo para encerrar a restrição do acesso de turistas e veranistas nas cidades.

Freio no turismo

Durante a semana, as cidades do litoral norte de São Paulo adotaram medidas para frear o turismo e evitar o contágio do novo coronavírus.

Entre as medidas estão a suspensão do funcionamento de hotéis e pousadas, restrições a comércios e até limitação no acesso à balsa, que faz travessia entre Ilhabela e São Sebastião.

Jornal Digital do Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *