Polícia Militar Rodoviária prende cinco acusados de integrar quadrilha de roubos de caminhão

Polícia Militar Rodoviária prende cinco acusados de integrar quadrilha de roubos de caminhão

A detenção ocorreu em uma praça de pedágio, após abordagem de dois veículos.

A Polícia Militar Rodoviária deu um duro golpe em uma quadrilha especializada em roubos de carga, prendendo, de uma só vez, cinco criminosos que pretendiam atacar caminhoneiros na rodovia dos Bandeirantes, na região de Jundiaí (SP).

A detenção ocorreu em uma praça de pedágio, após abordagem de dois veículos, uma Fiat/Strada prata e um Peugeot preto. No primeiro, três homens foram encontrados, enquanto outros dois ocupavam o segundo.

De acordo com a PM, o condutor da Strada respondeu indagações dos policiais de maneira desconexa, sendo apurado que se tratava de um homem com passagens por crimes de assalto. Já um dos passageiros decidiu contar que havia sido convidado para fazer um roubo de caminhão, com a função de acompanhar a quebra do vidro e a rendição do motorista. Ele também registrava antecedente por assalto.

Já o terceiro passageiro da Strada, um homem sem passagem pela polícia, disse fazer parte da quadrilha, com a incumbência de dirigir o veículo roubado e levá-lo até a capital paulista. O motorista do Peugeot, por sua vez, negou integrar o grupo criminoso.

Com antecedente por assalto, alegou que de saiu de Guarulhos (SP) para comer um lanche na marginal Tietê, em São Paulo. Na volta, errou o caminho e estava procurando um retorno. Só não conseguiu explicar por qual motivo havia passado por dois deles, sem usá-los.

O passageiro também foi indagado e reforçou a convicção dos militares de que os cinco se preparavam para assaltar. Disse que havia sido convidado pelo condutor da Strada para praticar roubo na rodovia, e que, após isso, permaneceria com o comparsa que dirigiria o caminhão até o veículo ser entregue na capital. Como os outros três, ele também tinha passagem por assalto.

Em revista na Strada, diversas ferramentas e objetos, incluindo martelo, luvas, bonés e blusas de moletom, foram encontrados. O veículo também tinha queixa de furto no dia 14 de agosto do ano passado em Guarulhos. Já no Peugeot, foram achados um simulacro de arma de fogo e uma touca ninja.

O carro, segundo a polícia, também estava com restrição por crime de estelionato.
Os cinco homens foram conduzidos à sede da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí. Ali, segundo a PM, foram apresentados ao delegado Carlos Eduardo Barbosa Soares e autuados em flagrante por associação criminosa e receptação. Eles não tiveram fiança arbitrada.

Jornal Digital do Brasil

Jornal Digital do Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *