Técnicos em saúde de Jaguariúna visitam UPA Vetor Oeste para conhecer modelo de atendimento

Técnicos em saúde de Jaguariúna visitam UPA Vetor Oeste para conhecer modelo de atendimento

Técnicos em saúde de Jaguariúna, com a intenção de buscar por melhoria no atendimento municipal, visitaram as instalações da Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24H) do Vetor Oeste, que também funciona como Clínica da Família, na sexta-feira (7).
A intenção da comitiva da cidade do interior de São Paulo é absorver as boas práticas para poder, em breve, tornar o atendimento do município também em um sistema de 24 horas.

“Atendemos entre 5 e 6 mil pessoas por mês na UPA de Jaguariúna, no período de 12 horas. No próximo mês iremos implantar o equipamento de raio-x, que atualmente não está disponível, por isso, precisamos transportar o paciente para o Hospital – que fica próximo – quando há necessidade desse tipo de atendimento”, explica a coordenadora da UPA de Jaguariúna, Elenice Muniz. “Ouvimos muitos elogios ao sistema implantado em Jundiaí, por isso, resolvemos conhecer para nos inspirar, já que a intenção é ampliar o nosso atendimento para 24h”, detalha.
Tiago Texera, gestor da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), reforça que o modelo implantado em Jundiaí serve de exemplo para muitos municípios brasileiros com prédios semelhantes.
“Compartilhar medidas eficientes em Saúde Pública contribui para a melhoria da sociedade”, ressalta. “Hoje, a Clínica da Família conta com 80% de resolutividade e a UPA 24H Vetor Oeste registra 95% com a formatação conjunta predial e disponibilização de exames para a população, próximo de casa”, completa.

Hoje, a UPA 24H Vetor Oeste registra 11 mil atendimentos mês e atende uma população de 140 mil pessoas.
“Também contamos com uma base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) no local, reduzindo em 70% o tempo para o atendimento das demandas”, conclui a coordenadora municipal de Urgência e Emergência da UGPS, Ana Rita Bertollini.

Jornal Digital do Brasil

Jornal Digital do Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *