SESI leva campanha de prevenção de doenças às indústrias

SESI leva campanha de prevenção de doenças às indústrias

As doenças crônicas não transmissíveis (DCNTs), como as cardíacas e o câncer, são responsáveis por 41 milhões de mortes ao ano, o que representa 72% do total mundial. O incentivo à promoção de hábitos saudáveis é uma das ações defendidas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como forma de redução de falecimentos precoces por essas enfermidades. De acordo com o relatório “Salvando vidas, gastando menos: uma resposta estratégica às DCNTs”, da OMS, cada US$ 1 investido na prevenção gera um retorno de US$ 7 à sociedade, em aumento de empregos, produtividade e longevidade.

Atento a essas necessidades, o Serviço Social da da Indústria (SESI) do Rio Grande do Sul promove a campanha Sua empresa com mais saúde o ano todo. O edital já registrou a adesão de mais de 700 empresas em todo o Rio Grande do Sul. “O SESI estuda o quanto as mudanças nos cenários da saúde têm impactado na produtividade e na retenção de talentos dentro das indústrias, seja na vida ou no trabalho dessas pessoas. O estilo de vida tem agravado consideravelmente o número de doenças crônicas não transmissíveis, como a obesidade, diabetes e problemas cardiovasculares”, informa a gerente da área de Promoção da Saúde do SESI/RS, Lisiane Borda Mendonça.

A participação para as indústrias é gratuita e destinada a companhias de qualquer porte. O SESI/RS disponibiliza materiais educativos para sensibilizar os trabalhadores sobre a importância da adoção de hábitos de vida saudáveis, como forma de prevenção, a partir de 24 temáticas, distribuídas pelos 12 meses do ano, relativas a temas como atividade física, alimentação saudável e doenças crônicas. Sugere ainda ações que podem ser realizadas dentro das empresas participantes.

A ideia é contribuir para desenvolver uma cultura da saúde dentro das indústrias. “É uma forma de o SESI contribuir com a inserção dessa pauta de forma harmônica, equilibrada e agradável, ajudando as indústrias a conectar todas essas temáticas. São assuntos importantes que as empresas precisam considerar, mas que não são exatamente o foco do negócio. Assim, o Serviço Social da Indústria (SESI) entra como parceiro e facilitador, com objetivo de ser uma referência para a indústria”, explica Lisiane.

O projeto também realiza a aplicação da ferramenta Avaliação da Saúde e Segurança em Trabalhadores da Indústria (ASSTI), composta por um questionário detalhado destinado a uma amostra estatisticamente representativa de trabalhadores. A partir das respostas, será feita uma análise e o SESI/RS entregará às indústrias participantes um diagnóstico completo, que contribui para o direcionamento de investimentos em programas de saúde, a partir dos índices de produtividade, estilo de vida e percepção de segurança no trabalho da empresa.

O edital faz parte da estratégia do SESI/RS na promoção da saúde e do bem-estar dos trabalhadores da indústria do Rio Grande do Sul, contribuindo para reduzir os custos com afastamentos, aumentar a produtividade e competitividade, dar mais sustentabilidade ao negócio e possibilitar um equilíbrio entre vida e trabalho.  

Jornal Digital do Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *