FUNCIONÁRIA PÚBLICA DE SANTO ANTONIO DE POSSE MATA A MÃE COM UM TIRO NO PEITO .

FUNCIONÁRIA PÚBLICA DE SANTO ANTONIO DE POSSE MATA A MÃE COM UM TIRO NO PEITO .

Caticilene De Jesus Pereira, de 47 anos foi morta pela filha Catiana Pereira, de 30 anos, acusada pelo irmão de ter atirado contra a mãe. O tiro atingiu o lado esquerdo do peito. A vítima chegou a ser socorrida, mas entrou em óbito assim que deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento – UPA, de Santa Isabel.

O homicídio ocorreu no bairro Recanto do Céu, onde a autora do crime reside com a filha. Segundo relato dos policiais que atenderam a ocorrência, Catiana aparentava estar desorientada. Em principio, questionada sobre o que teria ocorrido, ela apenas disse não ter feito nada, porém, ao ser indagada sobre eventual arma de fogo, levou os policiais até um quarto, onde apontou uma caixa de papelão, onde estava uma pistola Taurus

calibre 38. A arma estava carregada com 10 munições, sendo um na agulha e nove no carregador.

Os policiais insistiram no questionamento sobre o que havia ocorrido dentro da residência. Catiana, por sua vez, se limitava a dizer que não tinha feito nada e que seus familiares queriam tirar sua filha, a qual ela mantinha junto à si o tempo todo.

Contudo, Catiana informou que havia lavado o local e que o estojo da munição havia sido jogado no lixo do banheiro. Ela recebeu voz de prisão e foi conduzida à Delegacia da cidade.

Durante o interrogatório na delegacia, Catiana informou que queria proteger sua filha, mas dizia frases desconexas. Segundo testemunhas que conheciam os envolvidos, Catiana aparentava ser portadora de deficiência mental.

O irmão da vítima, que testemunhou o homicídio, informou que a autora estava

morando na cidade de Santo Antônio da Posse e vinha apresentando quadro de

depressão, sendo que na madrugada do último sábado, 25, teria lhe telefonado, dizendo

que estava perdida na cidade de Valinhos e que juntamente com a filha dela, iriam

para o sítio situado na cidade de Santa Isabel.

Na manhã dos homicídio, a mãe de Catiana teria ligado para ela a fim de saber se ela e a

filha haviam chegado bem, constatando, contudo, que Catiana eestava com a

voz estranha e muito triste, motivo pelo qual, resolveram, ir até o sítio em Santa Isabel, onde se depararam com a casa toda trancada.

Ainda, segundo o irmão da indiciada, Catiana abriu a porta da casa depois de muita insistência. A autora do homicídio, porém, mandava a testemunha e a vítima irem embora porque queria ficar sozinha com a filha dela, sendo que durante a discussão, a vítima e Catiana entraram em vias de fato. Na sequência, segundo a testemunha, a indiciada foi para o quarto e sua mãe a seguiu, quando, entretanto, ao abrir a porta, a vítima foi atingida por um disparo de arma de fogo efetuado por Catiana.

A testemunha informou ainda, que no momento em que socorriam a vítima, Catiana

saiu da casa com a arma na mão e passou a pedir desculpas e chorar. A arma de fogo pertencia ao marido a indiciada.

Catiana foi presa em flagrante e deve responder pelo crime de homicídio.

FONTE . SECRETÁRIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DO ESTADO DE SÃO PAULO .https://jbomdia.com.br/blog/filha-e-presa-por-matar-a-mae-com-tiro-no-peito-em-santa-isabel

Jornal Digital do Brasil

Jornal Digital do Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *