Mulher é atacada com golpes de faca por dono da casa após barulho

Mulher é atacada com golpes de faca por dono da casa após barulho

Proprietário da casa, que fica em Barueri (SP), se irritou com barulho feito pelas crianças e atingiu a inquilina diversas vezes, a maioria no rosto.

Conteúdo: ‘Portal R7’

A caixa de supermercado, Monique Mari de Jesus, de 34 anos, foi atingida diversas vezes por golpes de faca depois de o dono da casa onde ela mora em Barueri, na Grande São Paulo, se irritar com o barulho. “Achei que ia morrer, principalmente quando ele tava me enforcando”, revelou a vítima.

Monique mora desde 2017 na casa, que é alugada. No mesmo terreno, há mais duas casas, uma edícula e uma outra que fica em cima, que é ocupada pela proprietária e o marido, identificado como Renan da Costa Semil, de 41 anos.

Segundo a vítima, há uns dois meses, Renan passou a se incomodar com o barulho das crianças. Monique estava na casa com dois filhos, um de 4 e outro de 6 anos, que não podiam mais correr ou brincar no quintal.

A vítima conseguiu um novo emprego e pediu um prazo até o dia 5 de janeiro, quando vence o aluguel, para desocupar o imóvel. Mesmo após o acordo, o proprietário cortou a energia da casa e ela teve de se mudar provisoriamente.

No dia 30, por volta das onze e meia da noite, ela voltou à casa que fica na rua Governador Ademar Pereira de Barros, no Jardim Belval, para pegar algumas roupas e lavar outras. Enquanto estava no tanque, Renan apareceu, fechou o portão e passou a desferir diversas facadas contra a vítima.

Mesmo com a faca quebrada, ele continuou a atacar a mulher com socos e também tentou enforcá-la. O cunhado do suspeito e um vizinho socorreram Monique. Ela foi levada para o hospital Sameb, de Barueri.

Assim que a Guarda Civil chegou, os agentes foram até a residência de Renan, mas ele não estava no local. Renan fugiu durante a noite e, no dia seguinte, a esposa e os dois filhos deixaram o imóvel.

Bastante ferida, Monique ficou hospitalizada. Foram 33 perfurações. Só no rosto a vítima levou cerca de 100 pontos. Desde então, ela não está conseguindo abrir um dos olhos e será necessário realizar uma cirurgia nas pálpebras.

Um boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia Central de Barueri. Até o momento, Renan não foi localizado. Monique conseguiu alugar outra casa e vai se mudar nos próximos dias. Ela espera que ele pague pela atitude violenta. “Ele só sabia falar: você vai morrer, hoje vou te matar, e você mexeu com a pessoa errada”, revelou a vítima.

Jornal Digital do Brasil

Jornal Digital do Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *