HOLAMBRA – Saúde intensifica ações de combate à Dengue

HOLAMBRA –  Saúde intensifica ações de combate à Dengue

A equipe da Vigilância em Saúde de Holambra (VISA) realiza até o dia 30 de janeiro a primeira Avaliação de Densidade Larvária (ADL) do ano do Aedes Aegypti, que é vetor de doenças como a Dengue, Zika e Chikungunya. O trabalho fornece informações que ajudam a aumentar a eficácia das ações permanentes de combate ao mosquito.

Visualização da imagem

A ADL é realizada a cada três meses por determinação da Superintendência de Controle de Endemias, a SUCEN, órgão da Secretaria de Estado da Saúde. Ela reforça a importância da participação da população. De acordo com a coordenadora da VISA, Lúcia Costella, para esta ação é realizado mapeamento e um número determinado de domicílios em cada região é visitado. “Os moradores precisam colaborar, abrindo as portas para nossos agentes”, explica. “Todos estão uniformizados e identificados com crachás. Em caso de dúvida, basta ligar para a Vigilância”.

Visualização da imagem

Segundo o diretor municipal de Saúde, Valmir Marcelo Iglecias, durante todo o ano são realizadas no município ações preventivas e de conscientização, como visitas nas residências para monitoramento e retirada de possíveis criadouros; atividades em unidades escolares; mutirão e entrega de material informativo. “Vale ressaltar que o trabalho deve ser feito em conjunto com a população”, falou o diretor. “Cada um deve cuidar do seu jardim, do seu quintal, para evitar os criadouros”.

No site da prefeitura – www.holambra.sp.gov.br – está disponível para impressão um panfleto com ações que devem ser realizadas semanalmente. Além disso, é possível que a população contribua denunciando possíveis criadouros por meio da Ouvidoria ou pelo aplicativo Sem Dengue, disponível para telefones nas plataformas Android e iOS. O telefone da Vigilância em Saúde é o (19) 3802-2744. Em 2019 Holambra registrou 45 casos de dengue.

Como combater o mosquito:

– Vedar caixas d´água
– Não manter água parada em calhas ou outros recipientes
– Evitar o acúmulo de lixo e manter lixeiras fechadas
– Trocar por areia a água dos pratos de flores e de plantas
– Lavar e esfregar vasilhames e potes de animais domésticos pelo menos uma vez por semana

Sintomas da dengue:

– Febre alta
– Dor de cabeça
– Dor atrás dos olhos
– Dor nos ossos e articulações
– Manchas vermelhas no corpo

Em caso de suspeita de dengue recomenda-se procurar a unidade de saúde o mais breve possível.



Departamento de Comunicação

Jornal Digital do Brasil

Jornal Digital do Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *