Bafômetro passivo começa a ser usado pela Polícia Militar Rodoviária no interior de SP

Bafômetro passivo começa a ser usado pela Polícia Militar Rodoviária no interior de SP

Aparelho detecta ingestão de álcool apenas pela proximidade entre policial e motorista.

A Polícia Rodoviária de São Carlos (SP) e região começa a usar, nesta sexta-feira (24), o bafômetro passivo, um novo equipamento para fiscalizar motoristas que dirigem embriagados. Segundo a Polícia Rodoviária, o aparelho consegue detectar a ingestão de álcool apenas pela proximidade entre o policial e o motorista. 

Ele ainda emite duas cores: verde quando o resultado é zero e vermelho quando indica que a pessoa ingeriu bebida alcoólica.

Agilidade na fiscalização

Com o novo aparelho, o motorista que não bebeu é liberado mais rápido, fazendo com que um número maior de motoristas sejam fiscalizados. O motorista que está sob suspeita é convidado a fazer o teste no equipamento tradicional, que é homologado pelo Conselho Nacional de Trânsito para servir como prova em caso de processo por embriaguez ao volante.

Quem é flagrado dirigindo bêbado tem a carteira de motorista apreendida e a multa é de R$ 2.934,70. A CNH ainda pode ser suspensa por 12 meses. Para casos acima de 0,34 miligramas de álcool por litro de ar, o motorista é levado para uma delegacia.

Jornal Digital do Brasil

Jornal Digital do Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *