Filho confessa assassinato dos pais idosos sem demonstrar arrependimento, diz delegado

Filho confessa assassinato dos pais idosos sem demonstrar arrependimento, diz delegado

Duplo homicídio aconteceu em Santa Rita do Passa Quatro (SP) nesta quinta-feira (26).

O filho que matou os pais idosos a facadas em Santa Rita do Passa Quatro (SP) confessou o crime nesta quinta-feira (26) sem demonstrar arrependimento, disse o delegado Domingos Antônio de Mattos. O suspeito de 43 anos contou ainda que usou crack durante a madrugada e que chegou nervoso em casa.

Leonardo Henes Rubi tentou se matar após o duplo homicídio e está internado em Ribeirão Preto sob escolta. Após receber alta, ele passará por audiência de custódia e ficará preso.

Antes de ser transferido para Ribeirão Preto, o suspeito foi socorrido para a Santa Casa de Santa Rita, onde foi ouvido pelo delegado.

“Ele estava um pouco atordoado devido às medicações, mas bem consciente do que estava falando, inclusive contou como foi o crime. Ele falou que os pais faziam chacota com ele, isso foi deixando ele nervoso. Ele usou crack, ficou louco e acabou matando”, relatou o delegado.

Crime aconteceu em Santa Rita do Passa Quatro na manhã desta quinta-feira (26) — Foto: Revista Daquele Modelo

O crime

O crime aconteceu no Jardim Coronel Victor Meirelles na casa onde a família morava. Dorotea Henes Rubi, de 71 anos, e Eduardo Rubi Gimenes, de 76, foram esfaqueados até a morte.

O idoso era atendido diariamente por um enfermeiro que chegou às 7h30 nesta quinta-feira, bateu na porta, apertou a campainha, ligou na casa e ninguém atendeu. Ele achou estranho e chamou pelo vizinho, que colocou uma escada no muro e viu que na casa das vítimas havia sangue no quintal.

O vizinho chamou a Polícia Militar e, antes de a equipe chegar, ele e o enfermeiro arrombaram a porta e encontraram os idosos mortos. “Uma imagem muito forte, me senti triste”, disse o motorista Alex Roberto Leme.

O filho do casal, que tentou se matar, trancou-se em um dos quartos. Quando a polícia chegou, arrombou a porta e encontrou o suspeito ferido no pescoço.

Ele foi socorrido pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para a Santa Casa. Segundo o vizinho, Leonardo é ‘problemático’ e há muito tempo tem envolvimento com drogas. “Ontem, ele chegou de bicicleta por volta das 22h drogado”, contou Leme.

Jornal Digital do Brasil

Jornal Digital do Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *