Criminosos tentam furtar imobiliária, mas escorregam em cacos de vidro e fogem sem nada

Criminosos tentam furtar imobiliária, mas escorregam em cacos de vidro e fogem sem nada

Três ladrões quebraram a porta de vidro de uma imobiliária para roubar uma televisão de 75 polegadas, danificaram o aparelho, mas escorregaram diversas vezes nos cacos de vidro e fugiram do local sem levar nada na madrugada deste domingo (8), em Ribeirão Preto (SP).

A ação foi registrada pelas câmeras de segurança do estabelecimento e ninguém foi preso. A imobiliária já havia sido invadida e furtada em setembro deste ano. Na época, dois homens levaram dois minutos para furtar uma TV instalada no mesmo local.

Na madrugada deste domingo, o trio chegou à imobiliária, na Avenida Professor João Fiúsa, às 4h06 e estacionou o carro em frente ao local. O motorista usou um martelo para estourar a porta de vidro. Em seguida, ele chutou os estilhaços.

O vídeo mostra, inicialmente, o ladrão tentando retirar a televisão instalada na parede. Ele girou o aparelho várias vezes na tentativa de desenroscá-lo e usou até um dos pés para puxá-lo. Um comparsa tentou entrar na imobiliária para ajudá-lo, bateu de frente com a porta de vidro e caiu no chão.

Um terceiro homem , então, tentou entrar também na imobiliária, mas escorregou nos cacos de vidro ao invadir o estabelecimento. Ele ajudou o comparsa, mas os dois caíram no chão ao arrancar a TV da parede. As imagens mostram uma sequência de quedas, até a fuga do trio sem levar nada.

A ação durou dois minutos. As imagens das câmeras de segurança serão entregues à Polícia Civil para investigação do caso. Nenhum dos ladrões havia sido identificado até a manhã desta segunda-feira (9).

A imobiliária informou que já foi alvo de ladrões três vezes desde maio 2018 e calcula um prejuízo total de R$ 35 mil. Só as substituições da porta de vidro quebrada e da televisão danificada neste domingo somam R$ 15 mil, segundo a imobiliária.

Jornal Digital do Brasil

Jornal Digital do Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *