Mulheres são esfaqueadas, após serem atraídas para uma emboscada no interior de SP

Mulheres são esfaqueadas, após serem atraídas para uma emboscada no interior de SP

Vítimas, de 26 e 32 anos, seguem internadas na Santa Casa. Segundo a PM, elas foram atraídas por amiga, que estava com dois homens. Polícia Civil investiga motivação do crime.

Duas mulheres foram atraídas para uma emboscada e acabaram esfaqueadas na noite desta quinta-feira (31) em uma fazenda em Miguelópolis (SP). Segundo a Polícia Militar, os criminosos foram identificados, mas nenhum deles foi encontrado. A motivação do crime também não foi esclarecida.

O capitão da PM Helder Antônio de Paula contou que as vítimas, de 26 e 32 anos, foram convidadas por amiga, supostamente comparsa dos criminosos, para um “passeio na zona rural”. As duas mulheres estavam em um carro e a suspeita, com os dois homens, em outro veículo.

“Ela chamou as amigas para encontrar os caras. Pode ser que ela seja cúmplice, porque ela convidou um deles a entrar no carro delas. Durante o percurso, o cara passou a agredir as vítimas. Essa mulher não foi agredida, só ela não foi. Ela está identificada também”, afirmou.

Após agredir e esfaquear as duas mulheres, os homens atearam fogo ao carro delas. Ainda de acordo com o capitão da PM, as vítimas se separaram em busca de socorro. Os criminosos fugiram.

Os policiais militares foram acionados durante a madrugada desta sexta-feira (1º), quando uma das vítimas foi atendida na Santa Casa. Logo depois, os PMs receberam a denúncia de que outra mulher também estava ferida na zona rural. Ela foi encaminhada ao mesmo hospital.

A partir da identificação dos suspeitos, a PM tentou prender um deles em casa, mas o homem conseguiu fugir correndo pelos fundos. No local, foram apreendidas porções de maconha, cocaína e crack, além de celulares, duas facas, dinheiro e materiais para embalagem das drogas.

“Esse indivíduo tem denúncia por tráfico de drogas. A viatura fez diligência na casa dele. Quando a equipe chegou, ele estava no portão e os fundos da casa dão para uma área de mato. Ele saiu correndo e foi para essa área e sumiu”, disse o capitão da PM.

O caso foi registrado como tentativa de homicídio e apreensão de drogas, e será investigado pela delegacia de Miguelópolis. A PM realizou buscas na manhã de sexta-feira, mas nenhum suspeito foi encontrado. As vítimas seguem internadas na Santa Casa.

Jornal Digital do Brasil

Jornal Digital do Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *