Mulher é presa por tortura e estupro do filho de 4 anos em Campinas, SP

Mulher é presa por tortura e estupro do filho de 4 anos em Campinas, SP

De acordo com o delegado do 11º DP, vizinho de 19 anos teve participação nas agressões.

POR G1

A Polícia Civil de Campinas (SP) prendeu uma mulher de 22 anos pelos crimes de tortura e estupro de vulnerável contra o filho de 4 anos. De acordo com o delegado Sandro Jonasson, titular do 11º Distrito Policial (DP), a equipe foi acionada após a criança dar entrada no pronto-socorro do Hospital PUC-Campinas nesta quarta-feira (30) com diversos ferimentos pelo corpo.

Segundo Jonasson, a Polícia Civil identificou ainda que o vizinho da mulher, de 19 anos, tem participação no caso. Ele não foi localizado. O delegado informou que vai solicitar à Justiça a prisão preventiva dos dois.

De acordo com o titular do 11º DP, a mulher presa em flagrante alegou, em um primeiro momento, que o menino tinha caído da escada. Depois, contou que o vizinho teria pedido para que ela não levasse a criança ao hospital.

“Ela só levou o filho ao hospital depois, porque o menino estava reclamando muito de dor, e ficou preocupada em incomodar o vizinho com o choro da criança”, contou Jonasson.

A Polícia Civil localizou o padrasto do menino, que foi ouvido e liberado. “A participação dele foi excluída, uma vez que o mesmo apresentou, e foi confirmado, relato segundo o qual o mesmo estaria em local distante quando das práticas criminosas”, informou o delegado.

Jonasson destacou que a mulher e o vizinho irão responder por tortura e estupro de vulnerável, sendo que a mãe também será denunciada pelo crime de abandono de incapaz.

Jornal Digital do Brasil

Jornal Digital do Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *