Dia do Aviador tem homenagens e exposição de caça da FAB

Dia do Aviador tem homenagens e exposição de caça da FAB
Um caça F-5M da Força Aérea Brasileira está no estacionamento da Assembleia Legislativa. Logo em frente, no Hall Monumental, encontra-se outro avião, a réplica do charmoso Demoseille, criado por Santos Dumont em 1907 com a intenção de ser produzido em larga escala. Além dos dois aviões, estão expostos motores de aeronaves. O motivo da exposição é o Dia do Aviador, comemorado no dia 23 de outubro. Para celebrar a data, foi realizada na manhã desta terça-feira (22/10) uma sessão solene que lotou o Plenário Juscelino Kubitschek.

O deputado Castello Branco (PSL), autor da iniciativa, começou a solenidade lembrando que o mês de outubro é significativo para a aviação brasileira. No dia 20, comemora-se o Dia do Controlador do Tráfego Aéreo, no dia 22, o Dia do Paraquedista e no dia 23 de outubro, o Dia do Aviador, referindo-se ao primeiro voo realizado por um avião, em 1906, com Santos Dumont.

Durante a solenidade, três autoridades ligadas à aviação receberam o Colar de Honra ao Mérito Legislativo, a maior honraria oferecida pela Alesp. Receberam a homenagem o deputado federal General de Divisão Roberto Peternelli, o tenente-Brigadeiro do Ar Paulo João Cury e o Brigadeiro Engenheiro R1 Maurício Pazini Brandão.

General Peternelli foi piloto de helicóptero do Exército, paraquedista e comandou as tropas de paz no Haiti. “Nada melhor do que representar todos os aviadores homenageando a nossa Força Aérea. Nós, do Exército e da Marinha, presentes como aviadores, verificamos que é justa a homenagem”, destacou o homenageado.

Festa da Aviação

O tenente-brigadeiro Paulo João Cury é comandante do Comando-Geral de Apoio, órgão responsável pelo apoio logístico da Força Aérea Brasileira. Cury ressaltou o papel dos aviadores no país. “É um dia especial para mim, mas muito mais para a Força Aérea Brasileira. É o Dia dos Aviadores, aqueles que conduzem essas máquinas que desbravaram este país. E dia de Santos Dumont”.

O terceiro homenageado, brigadeiro Maurício Pazini Brandão, secretário de Tecnologias Aplicadas do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, abordou acontecimentos marcantes ocorridos no mês de outubro. “É um mês mágico para a aeronáutica. Comemoramos não só o voo de Santos Dumont em 1906, em Paris, como também o primeiro voo do primeiro avião produzido em série no Brasil. Temos muito que celebrar em outubro para a aeronáutica”, informou. O avião citado é o Muniz M-7, que fez seu primeiro voo no dia 17 de outubro de 1935, no Rio de Janeiro.

O protagonismo brasileiro na aviação foi citado pelo deputado Castello Branco. “É um dos países com a maior frota aeronáutica do mundo, o maior número de pilotos, maior tráfego aéreo do mundo depois dos Estados Unidos. A nossa Força Aérea merece e precisa ser homenageada. Hoje não é só o Dia da Aeronáutica. É o dia de todos os aviadores, de todos os pilotos. Estamos recebendo pilotos da Polícia Militar, da Polícia Civil, do Exército, da Marinha, da Polícia Federal, pilotos civis, enfim, é uma festa da aviação”.

Além dos citados, estavam presentes os deputados Carlão Pignatari (PSDB), coautor da iniciativa da solenidade, Gil Diniz (PSL) e Coronel Telhada (PP).

Jornal Digital do Brasil

Jornal Digital do Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *