Flamengo é líder e Palmeiras vive crise

Flamengo é líder e Palmeiras vive crise

Com direito a olé, o Flamengo superou o Palmeiras, por 3 a 0, com um Maracanã lotado. Mais de 65 mil torcedores (65.969) viram Arrascaeta e Gabriel Barbosa, por duas vezes, balançar as redes dos palmeirenses. 

“Tenho certeza que essa equipe só tem a evoluir”, avaliou Jorge Jesus, destacando a partida deste último domingo (1) como a melhor já realizada pelo Flamengo sob o comando dele. O português também lembrou que o futebol é jogo a jogo e o próximo desafio será contra o Avaí, em Brasília, no Estádio Mané Garrincha, no sábado (7), às 17h. O Flamengo é líder do campeonato, mas terá desfalques para a próxima partida. Rodrigo Caio e Bruno Henrique estão suspensos e Arrascaeta e Berrio vão servir as seleções do Uruguai e da Colômbia, respectivamente, em jogos amistosos.

Soccer Football - Brasileiro Championship - Flamengo v Palmeiras - Maracana Stadium, Rio de Janeiro, Brazil - September 1, 2019   Flamengo's Georgian De Arrascaeta celebrates scoring their second goal with team mates   REUTERS/Pilar Olivares

Arrascaeta comemora gol marcado contra o Palmeiras – Reuters/Pilar Olivares/Direitos Reservados

Quem está na corda bamba e pode perder o cargo de treinador é Luiz Felipe Scolari. “A gente ainda tem tempo de reagir. Ainda falta muito campeonato”, acredita Felipão, pregando muita conversa para superar o delicado momento da equipe paulista. “Venceu normalmente o Flamengo pelo erro nosso no primeiro gol e depois porque animicamente a gente sentiu bastante”, avaliou Felipão, recordando a eliminação da equipe na Libertadores da América na última quarta-feira (27) pelo Grêmio. O Palmeiras ainda não venceu no Brasileirão após a parada da competição para a Copa América. O Verdão está no quinto lugar do campeonato e enfrenta o Goiás, no Serra Dourada, no próximo sábado (7), ás 21h.

Em sua terceira passagem pelo clube, o treinador acumulou cinco eliminações em torneios mata-mata. Sua grande conquista neste período foi o Brasileirão do ano passado. Ele assumiu o time na sétima colocação e levou ao título. Ao todo, foram 76 jogos, com 46 vitórias, 21 empates e nove derrotas. Juntamente com Felipão, foram demitidos os auxiliares Paulo Turra e Carlos Pracidelli. 

EBC / AGENCIA BRASIL / JDB

Jornal Digital do Brasil

Jornal Digital do Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *