Casal droga e estupra menina que estudava com as filhas em SP

Casal droga e estupra menina que estudava com as filhas em SP

Vítima é amiga das filhas da mulher e não se lembra exatamente do que aconteceu. Casal confessou participação no crime e está preso.

Uma menina de 14 anos foi estuprada enquanto visitava duas amigas de escola em São Vicente, no litoral de São Paulo. Segundo informações da polícia divulgadas nesta quarta-feira (25), os autores do crime são o pai e a mãe das meninas, que teriam combinado dopá-la antes de atacarem a garota. Ambos foram presos em flagrante e devem responder por estupro de vulnerável.

Os suspeitos foram identificados como Marcílio Maximino, de 34 anos, e Luciana Cristina, de 35, moradores do Jardim Rio Branco. De acordo com informações da polícia, a menor é amiga das filhas de Luciana e dormiu na residência, na última terça-feira (24), após ter passado o dia estudando e brincando com as outras crianças.

A vítima acabou dormindo no local por conta do horário e da dificuldade em encontrar condução para voltar para casa. No dia seguinte, as duas jovens foram para a escola e a vítima pediu para a suspeita chamar sua mãe, mas a mulher teria convidado a menor para ficar e ajudar a limpar a casa.

Em relato à polícia, a jovem contou que, por volta das 15h, Luciana saiu para o supermercado e voltou com um refrigerante. Ela ofereceu a bebida para a vítima que, depois de beber, percebeu que havia algo errado e começou a se sentir ‘grogue’ e com as ‘pernas bambas’. A menor resolveu ir tomar um banho para se sentir melhor e, ao sair, deu de cara com Marcílio.

BETO RIBEIRO REPÓRTER / G1 SANTOS

Roberto Torrecilhas

Roberto Torrecilhas

Diretor do Jornal Digital do Brasil , Líder Cristão , Casado , Pai , Apresentador do Programa Tamo Junto na TV Artes TV Cultura . Blogueiro , Atuante na defesa da Família, Jornalista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.