Oito filhotes de gatos morreram com o ataque das abelhas que estavam em um sofá velho da casa
Cinco pessoas foram encaminhadas ao hospital e diversas outras foram atacadas por abelhas no bairro Bela Vista em Cosmópolis no final da tarde deste sábado (24).
Segundo a Defesa Civil de Cosmópolis, os moradores de uma casa que fica na Rua Sete de Setembro chamaram a Defesa Civil após um ataque de abelhas acontecer. Os membros da Defesa Civil foram até o local e após averiguarem que o local estava infestado por abelhas, pediram o apoio do Corpo de Bombeiros de Paulínia (SP), que deslocou um caminhão e uma Unidade de Resgate para o local.
Os moradores da residência, dois homens, uma mulher e duas crianças, foram encaminhados ao Pronto-socorro da Santa Casa de Cosmópolis.
Os bombeiros entraram no local e com a ajuda do apicultor Daniel Padovan, de Paulínia, conseguiram remover toda a colmeia que estava embaixo de um sofá velho. Segundo Padovan, a colmeia pode estar no local há mais ou menos 1 ano e meio.
Na casa, oito filhotes de gato morreram após serem atacados pelas abelhas. O apicultor, que dá apoio aos Bombeiros de Paulínia, disse que provavelmente os filhotes de gato podem ter atiçado as abelhas.
O comércio envolta da casa foi fechado e o trânsito das ruas doutor Moacir do Amaral e Sete de Setembro foram desviados por conta dos constantes ataques de abelhas contra os Bombeiros, Guardas Municipais e membros da Defesa Civil que estavam no local. Os motoristas que passavam pela rua eram orientados pelos guardas municipais a fecharem os vidros dos veículos.
Somente com uso de vestimenta adequada, tanto os bombeiros quanto o apicultor tiveram acesso ao local.
O Sargento PM Sylvio – do Corpo de Bombeiros – chefiou as operações e alertou que quando há incidência de ataques de abelhas o primeiro passo é sair imediatamente do local e chamar a Defesa Civil da cidade. O GM Nóbrega, da Defesa Civil foi atacado diversas vezes pelas abelhas e ficou com o rosto inchado.
Segundo o bombeiro, oito quilos de mel foram retirados do local e colocados em três grandes sacos plásticos e serão colocados na natureza. A residência continua isolada pela Defesa Civil para retirada das poucas abelhas que ainda circulam pela região.

Fonte . Portal Cosmopolense

Jornal Digital do Brasil

Jornal Digital do Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *